Image Map











sábado, 17 de maio de 2014

As traduções da cristandade – parte 6




Por: O Publicitário do Reino


Prezados leitores:


Esta é uma continuação da série “As traduções da cristandade”, desta vez (parte 6) contribuída por nosso colaborador “Publicitário do Reino”. No fim deste artigo estão alistados os links das partes 1 a 5 desta série.

O objetivo é mostrar a importância de lermos a Palavra de Deus em uma tradução fiel, que transmita corretamente o conteúdo das línguas originais em que a Bíblia foi escrita. As siglas das traduções usadas são explicadas no final do artigo.


A Glória de Cristo – “Desde agora” ou algo ainda futuro?

Mateus 26:64: “Respondeu-lhe Jesus: Tu o disseste; entretanto, eu vos declaro que, desde agora , vereis o filho do homem assentado á direita do Todo-Poderoso e vindo sobre as nuvens do céu.” – ALA.

A expressão “desde agora vereis” não parece tão lógica e natural, já que, em verdade, não é que “desde agora” o veremos em sua gloriosa vinda, mas só quando ela acontecer, NO FUTURO, EM UM DIA.

A NM aponta apenas para o futuro:

“Jesus disse-lhe: ‘Tu mesmo [o] disseste. Contudo, eu vos digo: “Doravante vereis o Filho do homem sentado à destra de poder e vindo nas nuvens do céu.”’”


Baleia?

Mateus 12:40: “Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.” - AL.

A garganta da baleia é tão estreita que nem uma laranja seria capaz de passar por ela. Isso explica porque um animal tão grande come peixes tão minúsculos como o krill. – Animal Planet.

Proposta emenda de tradução. No versículo 40, ler “grande peixe” como na TB e não “baleia” como em Almeida. – A Bíblia Explicada, p. 318.

Portanto, na NM diz:

“Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do enorme peixe, assim estará também o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra.”


Forçar e obrigar alguém a aceitar um convite especial?

Lucas 14:23: “Respondeu o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e obriga-os a entrar, para que a minha casa se encha.” (ALA; “força-os”, Al.)

Grego.: anagcadzo: compelir”. A compulsão era mediante a persuasão. – Chave Linguística do Novo Testamento Grego, p.137.

Muitos não aceitaram o convite de casamento. Havia a necessidade de persuadi-los a aceitar esse convite especial.

Portanto. compelir por meio de uma persuasão seria uma tradução mais polida.

Assim, a NM diz:

“E o amo disse ao escravo: ‘Vai para as estradas e para os lugares cercados, e compele-os a vir para dentro, a fim de que a minha casa se encha.’”


Fezes?

Jeremias 48:11: “Moabe esteve descansado desde a sua mocidade, e repousou nas suas fezes, e não foi mudado de vasilha para vasilha, nem foi para o cativeiro; por isso conservou o seu sabor, e o seu cheiro não se alterou.” (Al, ALA, ACRF)

À primeira instância “fezes” lembra “matérias fecais”.

Será que os moabitas armazenavam e se alimentavam de fezes?

A palavra hebraica traduzida como “fezes” poderia ter sido melhor traduzida como “borra” (de vinho).

A NM resolve essas dificuldades com a variante:

Os moabitas estiveram despreocupados desde a sua mocidade e ficam sossegados na sua borra. E não foram despejados de um vaso para outro vaso e não foram ao exílio. Por isso é que se manteve neles o seu sabor e o próprio aroma deles não se modificou.”



Siglas das traduções usadas:

ACRF: Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Revisada Fiel.
Al: Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida.
ALA: Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada no Brasil.
NM: Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas.
TB: Tradução Brasileira.


Links dos primeiros cinco artigos da série “As traduções da cristandade”:

As traduções da cristandade – parte 2

As traduções da cristandade – parte 3

As traduções da cristandade – parte 4

As traduções da cristandade – parte 5




A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *